segunda-feira, 21 de março de 2016

Momento de posicionamento

TEMA: Momento de posicionamento
PRELETOR: Pr. André Meirelles
TEXTO CHAVE: Ap 3:14,22
 Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te. Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Ao que vencer, eu lhe concederei que se assente comigo no meu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.
            Vivemos em um tempo em que devemos nos posicionar tanto como igreja, como cidadãos brasileiros.
            A palavra do Senhor diz que quem não ajunta com Jesus, espalha. O nosso pais tem passado uma crise moral muito maior do que a crise econômica e nós como povo de Deus temos que estar sensíveis a tudo o que nos cerca. Olhemos os sinais dos tempos e não estejamos alheios, pois sabemos que no momento da ceifa apenas os vencedores estarão prontos para serem colhidos, os outros permanecerão neste mundo cada vez mais tenebroso.
            Quais os posicionamentos que devemos tomar?
1-    O posicionamento de verdadeiros servos do Senhor. No versículo três vemos que as pessoas da igreja da Laodicéia se achavam algo muito diferente daquilo que Deus via. Este é o retrato do mundo “gospel” hoje em dia. Muitos estão alienados e acomodados achando que as coisas devem ser assim mesmo como estão. Nós somos o povo que ama a palavra de Deus e a valorizamos. Não podemos negligenciar as nossas células e os nossos cultos. Não podemos negligenciar os chamados para os acontecimentos especiais como a conferência. Muitos tem pregado em nossos dias uma vida cristã baseada no esforço próprio, levando o povo a viver uma vida de barganha espiritual com Deus, mas aqueles que realmente conhecem as escrituras não podem ser enganados nestas coisas, já que o conhecimento da palavra habita neles. Todo irmão que almeja não ser enganado ou morto por falta de conhecimento deve buscar o conhecimento da palavra. Todo crente videriano deve fazer o cursão, o CTL e demais oportunidades de conhecimento que oferecemos.
2-    O posicionamento como igreja. Vejam com que dedem a atual presidente e o ex falam de nosso povo. Percebam quantas leis estão sendo criadas a fim de tolher o que professamos, o que cremos e como agimos. No entanto devemos nos alegrar porque vive aquele que nos guarda, o Senhor zela por nós com tal carinho que nos compara à menina de seus próprios olhos. O apóstolo Paulo nos fala de seu amor pela igreja: Cl 1:24  Agora me regozijo no meio dos meus sofrimentos por vós, e cumpro na minha carne o que resta das aflições de Cristo, por amor do seu corpo, que é a igreja; A Bíblia diz que a igreja é a noiva do cordeiro, Jesus deu o seu sangue por ela e a comprou com o último suspiro de sua vida. Todos nós devemos amar a igreja com a mesma intensidade que amamos o noivo, o cordeiro. Se Ele morreu pela igreja, porque nós não podemos Dara nossa vida por ela?
3-    O posicionamento pela família. Esta carta de Jesus foi para a igreja de Laodicéia que representa a igreja dos últimos tempos. Lá na antiguidade ela era um grande centro comercial e financeiro, mas no tempo de Cristo ela foi destruída por um grande terremoto e recusando o investimento do Império Romano decidiram reconstruir a cidade com as próprias forças. Deus vê esta cidade maravilhosa, mas aponta que havia algo que Laodicéia não tinha: Água. A água vinha de tão longe que chegava morna e cheia de sedimentos, a pessoas que dela bebiam sentiam ânsia de vômito. Jesus compara a situação natural com a espiritual. Os habitantes daquela cidade com os da igreja. Os mornos de lá com os mornos de cá. Temos dado um valor muito grande a coisas sem valor e negligenciado o que deveríamos exaltar. O governo através do MEC vem tentando destruir os valores familiares, incutir como natural na cabeça das crianças práticas sexuais perversas. O estado tem tentado se tornar os pais de nossos filhos e fazê-los à semelhança de suas ideologias comunistas, longe de Deus. Porque a igreja de Deus está passiva diante destes acontecimentos? O diabo tem dilapidado a moral e as famílias e ninguém está reagindo. Não podemos ser mornos, temos que ser quentes! Aquele que se posiciona como cristão é perseguido pelo mundo, mas não se atemoriza porque bem aventurado é aquele que perseguido por causa da justiça e do amor por Deus.
4-    O posicionamento pelo fogo de Deus.
Lv 6:12 - O fogo que está sobre o altar arderá nele, não se apagará; mas o sacerdote acenderá lenha nele cada manhã, e sobre ele porá em ordem o holocausto e sobre ele queimará a gordura das ofertas pacíficas.
Rm 12: 11 Nunca lhes falte o zelo, sejam fervorosos no espírito, sirvam ao Senhor.
1 Ts 5:19 - Não apaguem o Espírito.
Só quem é cheio do fogo de Deus influencia sem ser influenciado, transforma sem ser tocado pelo mundo. Venha o fogo de Deus queimando em nosso espírito para que possamos mudar o mundo ao nosso redor. Se olharmos na galeria dos heróis da fé veremos quanto homens saquearam o inferno e povoaram o céu porque eram cheios do Fogo de Deus.

Duas características de alguém cheio do fogo de Deus.

1.    É apaixonado pelo fogo de Deus. Quais são as loucuras de amor que você tem feito por Jesus? O que você tem feito por Deus que aos olhos do mundo é loucura? É tempo de reavivamento da paixão por Cristo em nossos corações. Quem é cheio do fogo tem atitude, quem ama demonstra efetivamente este amor.

2.    Relaciona-se com o Senhor. Alguém cheio do fogo vive em jejuns e orações, vive em comunhão e em amor com Jesus.